0

A chegada da terceira idade não deve, jamais, ser vista como um período de inércia e imobilidade. Se mexer é, inclusive, algo muito benéfico para o bem-estar físico e mental desses indivíduos. Por isso, as danças para idosos são atividades altamente recomendadas e que podem, ao mesmo tempo, servir como atividade física e diversão.

Dançar é algo que pode ser vantajoso para as pessoas de todas as faixas etárias, incluindo os que já passaram dos 60 anos. A importância dessa atividade é mencionada pela ciência e pela medicina há muito tempo.

Pensando nisso, preparamos uma lista com alguns tipos de dança que podem fazer a cabeça dos idosos, fazendo com que eles se divirtam e se exercitem, tanto física quanto mentalmente. Tudo pronto? Então, boa leitura!

Zumba

A zumba é uma dança de origem latina, muito quente e bastante divertida. Por isso é perfeitamente indicada para idosos, deixando-os emocionalmente mais leves e fazendo com que a relação com o próprio corpo e a autoestima sejam retomadas, pouco a pouco, a cada aula. Ela também é completamente segura para as articulações, para o desenvolvimento cognitivo e muito mais!

Balé

Quem foi que disse que o balé é uma modalidade de dança apenas para jovens? Com cada vez mais adeptos na idade adulta, a dança agora está chegando também para o público da terceira idade. Essa é uma ótima alternativa para o fortalecimento progressivo de músculos e articulações, melhorando consideravelmente a qualidade de vida dos novos dançarinos.

Dança de salão

Pense em um filme vintage: um salão lotado, com pessoas vestidas em roupas elegantes e pares dançando por todo o ambiente… Essa é a dança de salão, e ela é perfeitamente adequada para os idosos! Bonita, fina e interessante, essa modalidade pode ajudá-los com a comunicação e também com a consciência corporal.

Dança sênior

A dança sênior é uma modalidade pensada exclusivamente para esse grupo. Ela mistura elementos de vários tipos de dança (como o country, a valsa e várias outras) e trabalha com movimentos e exercícios que favorecem a interação social e a prática de atividades físicas.

Tango

Originário da Argentina, o tango é uma das danças mais sensuais e bonitas de todas. Os idosos também podem se beneficiar com essa prática, recobrando a sua autoestima e se tornando cada vez mais independentes em seus movimentos. As aulas são, portanto, muito recomendadas para essa faixa etária!

Jazz

Por fim, não podemos deixar de mencionar o jazz, um estilo de dança que fez muito sucesso nos anos 60. Com movimentos rápidos e ritmados, esse tipo de música é responsável por devolver a vitalidade a qualquer pessoa que decida investir nessas aulas.

E aí, gostou de conhecer esses tipos de danças para idosos? Sendo assim, coloque o esqueleto para mexer e não deixe de se exercitar só porque a sua idade está avançada. Atividades como a dança aumentam a longevidade, a qualidade de vida e deixam as pessoas muito mais felizes!

Conhece algum outro tipo de dança bacana para pessoas idosas? Tem alguma dúvida sobre o tema? Então deixe um comentário logo abaixo e vamos conversar sobre o assunto!

Gostou do Blog? Deixe uma uma resposta

Está de saída?

Assine nossa newsletter
e seja o primeiro a saber
sobre nossos blogs e
outras novidades.
inscrever-se
close-link
WhatsApp Logo