Conheça os 7 melhores aplicativos para idosos

Compartilhe este Post

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

O uso de aplicativos para idosos tem diversas finalidades, que vão desde o entretenimento até a otimização das atividades diárias relacionadas à administração de medicamentos e lembretes de consultas.

Esses recursos tecnológicos são excelentes ferramentas para facilitar o cotidiano desses pacientes, pois estimulam a leitura e os circuitos neurais, mantendo-os ativos e exercendo controle sobre as doenças crônicas. Além disso, os aplicativos para idosos, uma vez instalados, são simples de analisar e, com isso, não diminuem o interesse desses indivíduos pela tecnologia.

Quer saber quais são os principais apps para esse público? Então, não perca nosso post de hoje!

1. Fone fácil

Trata-se de um aplicativo para deficientes visuais e auditivos, que, ao ter pressionado um botão, gera a discagem do número de contato previamente armazenado no telefone celular.

Essa ferramenta é de grande utilidade para aqueles pacientes que não têm habilidade para digitar os números e pode ser acessada com apenas um clique. Além disso, tem o botão de pânico que, quando acionado, direciona para um contato específico.

Esse aplicativo é ideal para idosos que vivem sozinhos ou para aqueles que utilizam constantemente o telefone celular para conversar com amigos, mas não têm paciência ou destreza para acionar a agenda dos contatos cadastrados.

2. MyTherapy

Devido ao elevado número de comprimidos utilizados por alguns idosos, fica difícil administrar os horários e as orientações de todos eles. Sabendo disso, o aplicativo MyTherapy ajudará nesse contexto.

Essa ferramenta, então, envia lembretes sobre o horário de administração dos medicamentos, notifica sobre consultas médicas e orienta sobre o tempo recomendado para a realização de atividades físicas.

Sendo assim, o MyTherapy gerencia todo o plano de saúde do idoso, que vai desde o uso racional dos remédios até a inclusão de outros recursos, como o gerenciamento de sintomas clínicos e o tempo de duração desses efeitos.

Para a monitorização da pressão arterial e da glicemia, existem recursos específicos, que enviam informações em tempo real para os médicos, que podem intervir precocemente quando os parâmetros estiverem fora da normalidade.

Para os idosos que desejam apenas o módulo de acompanhamento sobre administração de medicamentos, existe o Caixa de Remédios, que avisa sobre o horário e a quantidade que deve ser ingerida das medicações.

3. WhatsApp

O WhatsApp é um aplicativo muito difundido entre os jovens e a população adulta, mas também se configura como um excelente modo de interação dos idosos com a família e os amigos.

Esse aplicativo de mensagens instantâneas permite receber e enviar informações para diversos usuários, além de possibilitar a criação de grupos de contatos. Dessa forma, o idoso pode participar dos grupos da família, dos amigos do clube da maturidade e programar encontros presenciais frequentes.

Os idosos o utilizam com muita frequência, principalmente para o envio de mensagens positivas com vídeos e apresentações bonitas, e têm substituído gradualmente os e-mails, no caso daqueles que costumavam usá-lo.

O WhatsApp também é uma excelente ferramenta em casos de questionamento sobre uma condição clínica ou o uso de medicamentos, já que alguns profissionais respondem a essas questões por esse recurso.

4. Estou bem

Esse aplicativo é muito utilizado para aqueles idosos ativos que passeiam constantemente e, às vezes, não têm como contatar a família. Nesse caso, os familiares e os idosos devem cadastrar uma conta para que a transmissão seja efetivada.

Dessa forma, os idosos podem enviar uma mensagem com dizeres simples e objetivos, tais como “Vou sair”, “Ligar urgente” ou ” Estou bem”, que aparecem em um layout colorido para os familiares que recebem imediatamente essa informação.

5. Podcast Rádio Música

Apesar de não ter o som das vitrolas de antigamente, os idosos podem desfrutar de música de qualidade com o Podcast Rádio Música. Trata-se de um aplicativo com streaming de música que vai do rock dos anos 50, 60 e 70 às melodias mais consagradas pela crítica.

Com esse recurso, é possível escutar livros em áudio e baixar outras publicações, além das músicas preferidas, formando uma biblioteca pessoal que seleciona as trilhas sonoras mais marcantes para os amantes da música.

Sendo assim, essa arte entrará na rotina do idoso como uma terapia sem contraindicações, pois aumenta os níveis de serotonina, garante bem-estar físico e emocional e dissemina boas vibrações para todos que estão em volta.

6. Evernote

Esqueça os cadernos de anotações e conheça o Evernote! Esse aplicativo funciona como um bloco de notas e ajuda a controlar as tarefas cotidianas fixas e as variáveis para facilitar a rotina.

Nesse app, é possível criar pastas específicas e inserir informações sobre o assunto, funcionando como um gerenciado de arquivos. Dessa forma, é possível ter uma pasta sobre culinária e sobre decoração ou cuidados médicos, por exemplo, e acessá-la quando quiser.

A vantagem desse aplicativo é o acesso rápido e fácil às informações necessárias e o levantamento célere do histórico dos dados existentes. Para aqueles que utilizam frequentemente esse recurso, existe a opção Premium, que remove publicidade indesejada, trabalha no modo off-line e aumenta o pacote de dados.

7. Easy Idoso

Trata-se de um aplicativo versátil que oferece um catálogo sobre atividades de lazer para a população idosa, serviços clínicos para essa faixa etária e outros de grande demanda, como centros de beleza.

O Easy Idoso procura os serviços conforme a necessidade e a localização do indivíduo e recomenda as principais atividades. Esse aplicativo tem grande valia para aqueles idosos ativos que mantêm interação social constante.

Também nessa linha, existe o aplicativo Idoso Ativo, que se trata de jogos que exercitam a mente e o raciocínio lógico, características que se perdem por falta de estímulo das células neurais. Com esse aplicativo, os idosos ficarão mais espertos e ativos mentalmente.

O uso de aplicativos para idosos é uma tendência constante tanto para questões relacionadas a condições clínicas quanto para serviços de entretenimento, organização da vida diária, interação social, entre outros. Para isso, é fundamental identificar qual é a demanda daquele idoso, verificar a compatibilidade com o sistema utilizado no celular e instruir objetivamente o modo de utilização do aplicativo.

E você, conhece algum aplicativo para idosos? Já indicou algum desses para seus familiares? Ainda tem dúvidas sobre assuntos da terceira idade? Então, assine nossa newsletter e fique por dentro!

Conte-nos o que achou

Descubra muito mais

Nossa equipe de especialistas em cuidados com idosos prepararam posts com orientações, informações e curiosidades sobre diversos assuntos.

Ligue já e solicite seu orçamento

Temos certeza que podemos lhe ajudar, por gentileza entre em contato.

Possuimos uma ampla experiência com cuidadores de idosos em domicílio. Focada no gerenciamento de profissionais cuidadores e na saúde da pessoa assistida, nos tornamos referência no que fazemos.

Copyright ©2021 – GUARDIOES DE VIDAS ASSITENCIA A SAUDE LTDA – CNPJ: 01.866.035/0001-70
Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Denis Almeida