0

!Para muitas pessoas, a chegada da terceira idade é algo completamente assustador. Afinal, na maioria das vezes, esse período é associado a aspectos negativos e relacionado diretamente com o fim da vida. Mas essa fase ainda pode ser repleta de conquistas, se tivermos os devidos cuidados com nossos idosos.

As crenças que cercam a terceira idade fazem com que os próprios idosos e seus familiares encarem esse novo período com estranhamento. Conhecer os principais pontos sobre essa realidade é algo fundamental para que possamos oferecer cuidados a esse grupo sem reduzi-los a coadjuvantes de sua própria existência.

Pensando nisso, preparamos um artigo com os principais mitos e verdades sobre esse período da vida. Além disso, apresentamos os cuidados indispensáveis com esses indivíduos. Vamos lá? Boa leitura!

Quais são as principais mudanças físicas e mentais da terceira idade?

A chegada da terceira idade é acompanhada por algumas mudanças no funcionamento de nosso organismo. Isso está relacionado a uma série de fatores, como a diminuição da divisão celular, o envelhecimento de órgãos e tecidos e a redução do trabalho do sistema endócrino.

Isso faz com que alguns sintomas, como o cansaço, a falta de apetite ou a falta de atenção, se tornem comuns. Problemas de saúde, como a hipertensão, diabetes ou osteoporose, também se tornam mais frequentes, causando impactos na qualidade de vida dos idosos.

Já é possível contornar a maioria das situações e fazer com que a terceira idade seja um período de descobertas e experiências positivas. E conhecer os mitos e verdades sobre a terceira idade (tema de nosso próximo tópico) é essencial!

Quais são os principais mitos e verdades sobre a terceira idade?

A seguir, conversaremos sobre alguns dos principais mitos e verdades que envolvem a terceira idade. Assim, você poderá saber exatamente o que deve e o que não deve ser feito na hora de lidar com um idoso. Confira.

Idosos precisam ficar dentro de casa

Mito! Esse tipo de pensamento é impensável quando falamos sobre idosos, que têm a mente tão ativa quanto qualquer pessoa mais jovem e, portanto, precisam ver novos ares e entrar em contato com experiências diferentes. Além disso, a atividade física (desde que respeitando os limites de cada um) é altamente recomendada para esses indivíduos.

Por isso, mesmo que um idoso tenha problemas de mobilidade, passeios são sempre recomendados dentro das possibilidades de cada pessoa. Isso faz bem tanto para a mente quanto para o corpo!

As necessidades alimentares mudam na terceira idade

Verdade! A chegada da terceira idade é acompanhada, muitas vezes, por algumas alterações fisiológicas. Esse  processo deve ser compreendido como algo normal, pelo qual todos nós vamos, mais cedo ou mais tarde, passar.

Uma dessas mudanças é em relação às necessidades alimentares. O paladar dos idosos tende a mudar e se tornar muito mais seletivo, e a fome desses indivíduos também fica reduzida. Por isso, ingerir quantidades menores de comida com nutrientes biodisponíveis (ou seja, facilmente absorvidos pelo organismo) é algo fundamental.

Todos os idosos têm problemas de memorização

Mito! É comum associarmos problemas de memória ou qualquer outro tipo de ocorrência de cunho mental à chegada da terceira idade. No entanto, esse tipo de problema não é exclusivo dos idosos e nem precisa ser uma regra entre as pessoas desse grupo.

Estimular a mente (por meio de conversas, passeios, atividades variadas e até jogos interativos, como o xadrez ou o quebra-cabeça) é uma maneira de deixar os idosos com o cérebro sempre saudável. Isso evita, a longo prazo, problemas com a memorização e outras degenerações de cunho mental.

Os idosos não conseguem aprender coisas novas

Mito! Assim como dissemos no tópico anterior, os idosos podem ter uma mente tão ativa quanto a dos jovens (e, dependendo dos estímulos, até mais). Aprender novas coisas é algo perfeitamente possível para pessoas dessa faixa etária, e a sede pelo conhecimento deve ser sempre estimulada.

Por conta disso, a recomendação é que a aprendizagem seja incentivada durante toda a terceira idade. Respeite a individualidade e a personalidade do idoso e, a partir daí, desenvolva atividades interessantes para possibilitar a aquisição de conhecimento. Em casos em que não há a necessidade de restrição de mobilidade, aulas coletivas podem ser muito interessantes para estimular simultaneamente a sociabilidade.

É necessário ter um cuidado extra com as medicações

Verdade! Muitos idosos não gostam de tomar remédios e podem se esquecer dos horários prescritos para as medicações. No entanto, isso pode trazer efeitos colaterais indesejáveis ou prejudicar a atuação dos fármacos, tornando-os ineficazes.

Por isso, elabore uma tabelinha com todas as medicações e seus respectivos horários e, sempre que possível, ajude o idoso com a manutenção desse hábito. Utilizar a tecnologia, como aplicativos de smartphone que não nos deixam esquecer as doses de medicação, também é uma boa alternativa.

Como podemos cuidar adequadamente de nossos idosos?

Como vimos anteriormente, a terceira idade traz consigo algumas mudanças importantes na vida dos idosos. Isso, no entanto, não é uma desculpa que essas pessoas não experimentem a vida e todo o seu potencial. A seguir, algumas dicas para auxiliá-los a ter qualidade de vida nesse período:

  • consultas médicas regulares;
  • realização periódica de check-ups para a prevenção e diagnóstico precoce de problemas;
  • organização da rotina do idoso;
  • passeios regulares;
  • estímulos mentais e físicos;
  • motivação da autoestima;
  • companhia de animais de estimação;
  • convivência com outras pessoas e estímulo da socialização;
  • realização de atividades condizentes com os gostos particulares;
  • respeito à personalidade e características pessoais dos idosos;
  • tempo hábil com os entes queridos.

Quando somados, esses fatores contribuem grandemente para a promoção de muita qualidade de vida na terceira idade. Além disso, contar com uma empresa de home care e seus profissionais qualificados para ajudá-lo nas tarefas cotidianas é sempre uma alternativa interessante para deixar os idosos ainda mais felizes!

Como podemos ver, há diversos mitos envolvendo a terceira idade. Eles, quando disseminados, podem fazer com que um estigma negativo paire sobre esse período tão importante de nossas vidas. Com a informação adequada, podemos fornecer os devidos cuidados a esse grupo e garantir um envelhecimento muito mais saudável!

Para saber ainda mais sobre o tema, faça o download do nosso e-book “Como envelhecer com qualidade de vida”. Nesse material, você encontrará muitas dicas de como passar pela terceira idade com dignidade e muita saúde!

Gostou do Blog? Deixe uma uma resposta

Está de saída?

Assine nossa newsletter
e seja o primeiro a saber
sobre nossos blogs e
outras novidades.
inscrever-se
close-link
WhatsApp Logo