Quais os exames de rotina para idosos mais importantes?

Compartilhe este Post

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Atingir a terceira idade é um privilégio para qualquer pessoa, mas chegar a essa idade com vigor e qualidade de vida requer alguns cuidados básicos para essa fase. Exames de rotina para idosos é um dos cuidados mais importantes que se deve ter.

Ter mais de 60 anos não significa o fim da vida pessoal e profissional. Atualmente, com os avanços tecnológicos na área médica, a terceira idade permanece ativa e produtiva. Mas, para isso, é fundamental cuidar bem da saúde e saber quais são os exames necessários para um check-up nessa faixa etária.

Geralmente, é recomendado fazer, pelo menos, uma consulta anual para indivíduos saudáveis e no mínimo três para pessoas com alguma patologia. Essa avaliação permite ao idoso tirar as suas dúvidas, bem como, receber orientações de alguns novos hábitos necessários.

Então, quer se informar melhor sobre os principais exames de rotina para idosos que devem ser feitos como cuidados básicos de saúde e boa qualidade de vida? Leia este post, preparamos informações relevantes sobre o tema.

Saiba quais são os principais exames de rotina para idosos

Aquele pensamento de que na terceira idade as pessoas passam seus dias sem ocupações não procede. Na contemporaneidade os idosos estão cada vez mais ativos: trabalham, praticam esportes, movimentam a economia, viajam e têm uma vida bastante produtiva – como qualquer outra pessoa mais nova.

Entretanto, não se pode ignorar que, com o avanço da idade o organismo se torna mais suscetível a desencadear alguns problemas de saúde, necessitando de cuidados a mais. Conheça os exames de rotina para idosos:

Hemograma completo

Também conhecido como exame de sangue, possibilita o diagnóstico de anemias, doenças autoimunes, infecções, e até mesmo certos tipos de câncer, como as leucemias. O hemograma permite acompanhar o desenvolvimento de um tratamento que o idoso esteja realizando.

Por meio desse exame, pode-se verificar a funcionalidade e a quantidade de células que compõem o sangue: as hemácias (responsáveis por transportar o oxigênio), os leucócitos (responsáveis por fazer defesas) e as plaquetas (partes de células responsáveis pela coagulação).

Glicemia em jejum

Esse exame é indicado para medir a taxa de glicose (açúcar) no sangue, favorecendo diagnosticar e cuidar da melhor forma a pré-diabetes ou diabetes.

Outros exames de sangue

Além do hemograma, alguns mililitros de sangue possibilitam determinar os níveis de outros elementos referentes à nossa saúde. Os principais são:

  • ureia e creatinina: informa o funcionamento dos rins, revelando problemas como a insuficiência renal;
  • transaminases: são enzimas que mostram se há problemas no fígado;
  • o TSH: permite detectar disfunções na produção dos hormônios da tireoide;
  • albumina: informa a situação nutricional do paciente;
  • o PSA: refere-se do antígeno prostático específico, que mostra possíveis problemas na próstata em homens;
  • 25-hidroxi-vitamina D: indica deficiências dessa vitamina, o que contribui para o risco de osteoporose.

Densitometria Óssea

Exame de imagem que mostra se há perda de massa óssea, fundamental para se prevenir contra a osteoporose, bem como reduzir os riscos de fraturas. Recomenda-se que as mulheres façam este exame logo a partir da menopausa, e os homens logo após os 60 anos de idade.

Mamografia

Apesar deste exame ser indicado a partir dos 35 anos, é recomendado fazer uma mamografia a cada dois anos em mulheres de 50 a 69 anos. Em caso de haver histórico desse tipo de câncer na família, o exame pode ser solicitado com maior frequência.

Exames Ginecológicos

Esses exames são fundamentais para prevenção das mulheres com vida sexual ativa ou não. É recomendado que as mulheres façam o Papanicolau e o exame de toque ginecológico uma vez por ano até os 70 anos. Esses exames permitem diagnosticar infecções e a incidência do câncer de colo de útero.

Exame de próstata

Recomenda-se que o homem faça anualmente a partir dos 50 anos. Embora muitos pacientes resistam ao exame, ele é imprescindível para a identificar alterações perigosas, como um câncer de próstata.

Colonoscopia

É um exame de imagem do intestino grosso que possibilita chegar a um diagnóstico de lesões iniciais ou até mesmo de um câncer colorretal já existente. É recomendado para mulheres e homens assim que chegam aos 50 anos.

Eletrocardiograma

É um exame importante e bastante comum, imprescindível para identificar como se encontra o coração, um dos maiores causadores de mortes em pessoas da terceira idade. Portanto, recomenda-se que o idoso faça este exame como medida de prevenção ou obtenção de um diagnóstico precoce, favorecendo o tratamento adequado e melhor qualidade de vida para o idoso.

Teste de esforço

Reconhecido como teste ergométrico, é um exame realizado na execução de exercício em uma esteira ou bicicleta para saber a capacidade cardíaca e se há presença de patologias cardiovasculares. É um exame indicado para idosos que querem inserir em sua rotina a prática de atividades físicas.

Radiografia de tórax

Por meio de raio-X é possível verificar lesões pré-cancerígenas nos pulmões, especificamente naqueles pacientes que fumam, bem como diagnosticar uma pneumonia, doença que pode levar um idoso a morte.

Todos esses exames citados fazem parte do grupo de exames de rotina para idosos, lembrando que cada paciente apresenta um histórico e um perfil diferente, necessitando de cuidados e orientações adequadas, podendo sofrer variação de menor ou maior frequência desses exames.

É importante destacar que, em se tratando de idosos, o médico mais recomendado para avaliar e acompanhar a sua saúde, bem como solicitar que esses e outros testes sejam feitos, é o geriatra, especialista da terceira idade.

Check-up: garantia de boa saúde e mais qualidade de vida

Para garantir uma vida saudável, a prevenção é um cuidado importante na terceira idade, bem como aderir à prática de atividades físicas, manter uma dieta equilibrada, evitar o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas, visitar regularmente o seu médico e manter uma rotina de exames preventivos em dia.

O envelhecimento bem-sucedido exige alguns cuidados básicos com a sua saúde. Começar com um check-up a partir dos 30 anos aumentam as chances de ter uma vida com mais qualidade.

O check-up precoce é fundamental para que as pessoas saibam se são propensas a terem a presença de glicose em excesso no sangue, pressão alta, e outros indicadores de problemas que poderão refletir no futuro.

Então, o texto de hoje procurou trazer informações que envolve a todos, uma vez que a terceira idade é uma das fases de vida de qualquer ser humano, portanto estar preparado para recebê-la com mais qualidade e mais conhecimento é muito importante, saber sobre os exames de rotina para idosos é um convite para cuidar melhor do que mais precioso nós temos: a vida.

Gostou desse artigo? Deseja manter-se informado com nossas futuras publicações? Assine nossa Newsletter e não perca nenhuma novidade!

Escrito por:

Marcus Vinicius Zorub Montanha – Diretor Técnico

Conte-nos o que achou

Descubra muito mais

Nossa equipe de especialistas em cuidados com idosos prepararam posts com orientações, informações e curiosidades sobre diversos assuntos.

Ligue já e solicite seu orçamento

Temos certeza que podemos lhe ajudar, por gentileza entre em contato.

Possuimos uma ampla experiência com cuidadores de idosos em domicílio. Focada no gerenciamento de profissionais cuidadores e na saúde da pessoa assistida, nos tornamos referência no que fazemos.

Copyright ©2021 – GUARDIOES DE VIDAS ASSITENCIA A SAUDE LTDA – CNPJ: 01.866.035/0001-70
Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Denis Almeida