8 dicas de como prevenir acidentes domésticos com idosos

Compartilhe este Post

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Quem cuida ou convive com idosos precisa adotar diversas medidas para tornar a casa mais segura, e o ambiente, mais confortável. Um fator importante a ser considerado é a prevenção de acidentes domésticos, visto que, nessa fase da vida, as pessoas estão mais fragilizadas, podendo se machucar com mais facilidade.

De fato, cada idoso tem necessidades especiais de acordo com suas condições de saúde física e mental, além de maior ou menor mobilidade. É importante não só ter atenção aos cômodos da casa, como também facilitar o socorro em caso de acidentes domésticos.

Mas você sabe exatamente tudo o que precisa ser feito? Quais as adaptações necessárias? No post de hoje, damos 8 dicas essenciais para evitar acidentes em casa, que também podem ajudar a dar mais conforto aos idosos. Continue a leitura e descubra!

1. Instale barras de apoio nos banheiros

Ir ao banheiro pode ser um momento delicado para a maioria dos idosos, pois, com a idade, fica mais difícil se abaixar ou movimentar-se no piso mais escorregadio. Para facilitar, é bom instalar barras de apoio próximas ao sanitário e no chuveiro. Com elas, o idoso pode se apoiar ao sentar, além de poder se segurar caso perceba que vai cair.

É preciso ter cuidado para ajustar as barras numa altura acessível às mãos do idoso. O material também deve ser bem instalado e apresentar resistência suficiente para suportar o peso da pessoa, mesmo que ela coloque muita força sobre a barra.

2. Coloque tapetes antiderrapantes

Os tapetes antiderrapantes (emborrachados) podem ser colocados no próprio banheiro, perto da cama e nas portas. Eles ajudam a evitar que o idoso escorregue no chão — grande causa de acidentes domésticos.

É necessário apenas ter cuidado com o tamanho e a espessura dos tapetes. Se eles forem muito pequenos ou mais altos, o idoso pode tropeçar e cair. As fitas adesivas antiderrapantes também podem ser coladas em degraus e rampas.

3. Separe os medicamentos de uso diário

Boa parte dos acidentes domésticos com idosos envolve o uso de medicamentos. É comum que eles esqueçam que já tomaram certa medicação, o que pode levar à superdosagem. Por isso, é necessário que o cuidador organize todos os medicamentos de acordo com a frequência (semanal ou diário) e a ordem (de manha, à tarde e à noite) para auxiliar na administração.

Em muitos casos, principalmente para idosos com doenças, como Alzheimer e demência, é melhor que o cuidador se responsabilize pela tomada, ministrando a medicação no horário adequado. Se for preciso, faça um calendário e utilize caixas organizadoras.

4. Instale sensores de movimento na iluminação

Os idosos têm mais dificuldade de se locomover e enxergar à noite. Assim, é comum ocorrerem acidentes domésticos em razão de eles não terem alcançado um interruptor a tempo. Nessas horas, os sensores de iluminação podem fazer muita diferença, pois acendem as luzes logo que a pessoa entra no cômodo.

Também é bom instalar luzes de led, que são acionadas quando há queda de energia. Dessa forma, evita-se, inclusive, acidentes de incêndios, com velas usadas para a iluminação. Os próprios interruptores devem ser mais acessíveis, principalmente os do quarto do idoso.

5. Coloque rampas e corrimãos nas escadas

Subir e descer escadas e degraus é uma grande dificuldade para os idosos e a causa de muitos acidentes domésticos. É bom colocar rampas para facilitar o acesso, e corrimãos, para o apoio dentro de casa. Em condomínios, deve-se exigir dos administradores melhores condições de acessibilidade, pois é um direito garantido em lei.

Existem ainda alguns assentos elevadores, que podem ser instalados na lateral das escadas. No entanto, quando o idoso tem a mobilidade mais reduzida, o melhor mesmo é que ele não as utilize. Inclusive, quando as casas têm mais de um andar, deve-se preferir mudar o quarto dele para o térreo.

6. Facilite o acesso a utensílios domésticos

Muitos acidentes domésticos acontecem porque o idoso tentou alcançar algum utensílio doméstico em um armário mais alto, subindo em escadas e banquinhos. No entanto, isso pode ser facilmente evitado colocando-se os utensílios usados com mais frequência ao alcance das mãos.

Como os idosos têm mais dificuldade de movimento, deve-se deixar tudo, no máximo, até a altura da cabeça. O ideal é que não ultrapasse a altura dos ombros. Também é bom deixar sempre um copo ou um jarro d’água no quarto.

7. Evite o contato com produtos de limpeza

Outra fonte recorrente de acidentes domésticos com idosos são produtos de limpeza, como água sanitária e desinfetantes. Esses e outros produtos químicos podem reagir entre si quando misturados, exalando fumaças tóxicas ou queimaduras.

A verdade é que muitos idosos gostam de ter a independência de limpar a casa quando ainda tem condições físicas. No entanto, é comum que eles se esqueçam do quanto pode ser perigoso misturar esses produtos. Assim, além de orientá-los sobre esse perigo, deve-se evitar deixar esses materiais acessíveis e sem rótulos.

8. Deixe telefones de emergência próximos

Por fim, a última dica é para quando os acidentes acontecerem. É fundamental deixar telefones úteis sempre próximos, inclusive, acessíveis ao próprio idoso. Devem ser deixados os números do atendimento de emergência, dos bombeiros, de um vizinho que possa ajudar a socorrer, além de um familiar ou cuidador responsável.

Esses números podem ser salvos na discagem rápida do telefone. É preciso orientar o idoso a usá-la, principalmente quando ele mora sozinho.Também é importante criar uma maleta de primeiros socorros, com os materiais mais necessários em casos de acidentes.

Vale lembrar que cuidar de um idoso exige muita responsabilidade e dedicação. Por isso, em muitos casos, pode ser necessário contratar a ajuda de um profissional. Existem serviços especializados no cuidado com idosos, com equipes multiprofissionais.

No entanto, o mais importante é ter em mente que os acidentes domésticos sempre podem ser evitados. Para isso, é preciso ter muita atenção aos idosos e adotar algumas medidas preventivas que envolvem a proteção da casa e mudanças na rotina.

Gostou do post sobre a prevenção de acidentes domésticos? Quer ver mais conteúdos como este? Então siga-nos no Facebook, no Twitter, no LinkedIn e no YouTube e não perca nenhuma de nossas atualizações!

Escrito por:

Marcus Vinicius Zorub Montanha – Diretor Técnico

Conte-nos o que achou

Descubra muito mais

Nossa equipe de especialistas em cuidados com idosos prepararam posts com orientações, informações e curiosidades sobre diversos assuntos.

Ligue já e solicite seu orçamento

Temos certeza que podemos lhe ajudar, por gentileza entre em contato.

Possuimos uma ampla experiência com cuidadores de idosos em domicílio. Focada no gerenciamento de profissionais cuidadores e na saúde da pessoa assistida, nos tornamos referência no que fazemos.

Copyright ©2021 – GUARDIOES DE VIDAS ASSITENCIA A SAUDE LTDA – CNPJ: 01.866.035/0001-70
Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Denis Almeida