0

À medida que vamos envelhecendo, é normal que os serviços de saúde se tornem mais caros. Pessoas mais velhas têm mais necessidade de acompanhamento médico e de exames e, por isso, os valores cobrados pelas operadoras são mais altos. Então, na hora de escolher um plano de saúde para idoso, você precisa avaliar diversos pontos, senão pagará mais.

Há diversas operadoras de plano de saúde disponíveis no mercado e, embora os valores muitas vezes sejam altos, nem sempre os serviços são de qualidade. Pensando nisso, neste post, vamos dar algumas dicas sobre como escolher o melhor plano de saúde para seu familiar idoso. Confira!

Por que é importante o idoso ter plano de saúde?

Idosos geralmente são frágeis e têm uma resistência muito menor do que as pessoas jovens. Dependendo de seu estado de saúde, até mesmo uma simples mudança na temperatura é motivo para levá-lo ao médico. E, com um serviço público de saúde tão precário, não dá para depender dos médicos do SUS.

Então, o melhor a fazer é contratar um plano de saúde particular, pois, assim, você garante que a pessoa tenha uma qualidade de vida melhor. Mesmo que o serviço não seja lá dos mais baratos, o idoso sempre será amparado quando precisar de um médico ou hospital.

O que levar em consideração na hora de escolher um plano de saúde para idoso?

Os preços dos planos de saúde variam de acordo com a operadora, com os serviços disponíveis e, principalmente, com a idade da pessoa. Então, uma pessoa mais velha pagará bem mais por um plano de saúde do que um jovem, pois provavelmente ela o usará com mais frequência.

Mas nem por isso você deve escolher o plano de saúde mais caro, pois isso não é sinal de qualidade. O importante é que o serviço atenda às necessidades da pessoa. Veja abaixo alguns pontos a serem levados em consideração na hora de escolher um bom plano de saúde para o idoso.

Prefira operadoras que têm planos de saúde específicos para pessoas mais velhas

Para contratar um plano de saúde para seu parente mais velho, o ideal é que você opte por planos específicos para idosos. Isso porque os hospitais e ambulatórios serão equipados para atender às necessidades dessas pessoas. 

Além disso, um plano para idoso certamente terá uma quantidade maior de geriatras disponíveis. Dessa forma, quando o idoso precisar marcar uma consulta, não terá dificuldades em encontrar um especialista.

Fique atento à cobertura do plano de saúde

Para que um plano atenda às necessidades da pessoa, você deve prestar atenção na cobertura do plano. Não adianta contratar um plano de saúde que cobre apenas exames e consultas e, quando o idoso precisar de uma cirurgia, ter que recorrer ao SUS. 

Então, verifique esses detalhes antes de fechar o contrato. Os planos ambulatoriais, por exemplo, limitam o número de consultas e têm tempo limitado para darem suporte em caso de emergência. No entanto, eles não cobrem a internação hospitalar, então, se a pessoa precisar ficar internada, terá que pagar ou recorrer ao SUS.

O plano hospitalar fornece cobertura para internação, mas também há limitações de dias. Exames e alguns tipos de tratamentos são inclusos. Na hora de fechar contrato, você pode acrescentar o serviço odontológico ou ainda escolher um plano mais completo, com uma abrangência maior de serviços.

Verifique o tempo de carência

Os planos de saúde, geralmente, possuem um tempo de carência, ou seja, a pessoa só pode se submeter a algum tipo de tratamento ou ser internada depois de algum tempo de adesão. Esse ponto deve ser observado antes da assinatura do contrato.

Analise a rede de atendimento

Os planos de saúde trabalham com rede credenciada (quando os estabelecimentos são parceiros da operadora) ou com rede própria (as operadoras são proprietárias dos hospitais). Mas, independentemente do tipo escolhido, você deve verificar se há médicos e hospitais próximos à região onde você mora.

Caso não tenha médicos especialistas em sua cidade, pode ser muito cansativo para o idoso que se deslocar sempre que precisar fazer uma consulta ou exame.

Compare as operadoras de plano de saúde

Pesquise o máximo de operadoras de plano de saúde que você puder para tirar suas conclusões. O valor do plano é um dos itens mais importantes a serem levados em consideração, pois, mesmo que você queira oferecer o melhor plano de saúde para um familiar, ele deve ficar dentro de seu orçamento.

A qualidade no atendimento, cobertura, número de profissionais cadastrados e programas de prevenção à saúde também devem ser observados. Aliás, a qualidade dos serviços deve ser um fator decisivo na escolha, e mais importante que o preço, certo?

Quais são as vantagens e desvantagens de cada tipo de plano de saúde?

Planos ambulatoriais oferecem uma boa gama de serviços, como atendimento de emergência e procedimentos de quimioterapia e radioterapia, por exemplo, desde que sejam realizados em ambulatório. No entanto, caso o paciente precise de cirurgia, que exija anestesia e internação, o plano não cobre.

O plano hospitalar já oferece cobertura para internações, mas com o número limitado de dias, inclusive se o paciente necessitar de ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Outros procedimentos, como radioterapia e fisioterapia, além de exames complementares, também fazem parte da cobertura.

Os planos de referência, que são os mais completos, incluem tanto procedimentos de nível ambulatorial quanto de nível hospitalar. Eles oferecem um conforto maior para o idoso. No entanto, os valores são mais altos.

Então, na hora de escolher o plano ideal, você deve levar em consideração todos os prós e contras de cada tipo de plano para, no final das contas, escolher o mais adequado. Vale lembrar que, mesmo que a pessoa esteja com a saúde em dia, esse quadro pode mudar em pouco tempo e, caso isso ocorra, ela vai precisar ser bem assistida.

Essas foram nossas dicas para você escolher o melhor plano de saúde para idoso. Esperamos que elas sejam úteis e ajudem você a contratar uma operadora de plano eficiente para sua família.

Quais outros pontos você acha que devem ser levados em consideração na hora de escolher um plano de saúde para uma pessoa idosa? Conte para nós, deixando seu comentário no post!

Gostou do Blog? Deixe uma uma resposta

Está de saída?

Assine nossa newsletter
e seja o primeiro a saber
sobre nossos blogs e
outras novidades.
inscrever-se
close-link
WhatsApp Logo