A importância do exame de câncer de próstata em idosos

Compartilhe este Post

Para evitar os problemas relacionados ao câncer de próstata em idosos, orientações corretas e medidas de prevenção são fundamentais e podem fazer a diferença para salvar muitas vidas.

Ainda que seja considerado um problema da terceira idade, o câncer de próstata pode surgir também em homens mais jovens, na faixa dos 40 anos de idade. No entanto, essa doença é mais comum após os 65 anos e é o segundo tipo de câncer com maior incidência de morte no país.

Quer saber por que o exame de rotina é tão importante para a prevenção dessa doença que exige cuidados especiais com os idosos? Continue lendo!

Afinal, o que é a próstata?

É uma glândula do tamanho de uma noz e que está localizada entre a bexiga e o pênis. Ela tem a função de produzir várias substâncias — como o líquido prostático — que forma o sêmen e é necessário para a movimentação dos espermatozoides durante a ejaculação.

Assim, a próstata é uma importante estrutura do aparelho reprodutor masculino, mas que pode sofrer alterações em suas funções, principalmente durante o envelhecimento.

Quais as causas mais comuns do câncer de próstata em idosos?

Dentre as causas mais comuns e que influenciam o surgimento do câncer de próstata em idosos estão: fator idade, herança genética, alcoolismo e tabagismo e a não realização do exame de prevenção.

Infelizmente, a falta de informação e de orientação ainda é muito preocupante. Pois resulta no preconceito que faz com que muitos homens não se submetam aos exames — que poderiam descobrir a doença no início — e evitar graves problemas.

Por que o exame de rotina é tão importante?

O exame periódico é necessário porque o diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento. Em todo tipo de doença, quanto mais cedo iniciar o tratamento, maiores serão as chances de cura. No câncer de próstata, isso ainda é mais importante, já que a evolução da doença pode ser muito rápida e fatal.

Assim, é necessário que os familiares — ou o profissional cuidador de idosos que auxilia a família — fiquem atentos aos sinais que indicam a necessidade da realização dos exames de sangue e do toque retal, que são os mais importantes para a detecção do problema.

Os sintomas mais evidentes e que podem ser considerados como suspeita da doença são:

  • urina em jato;
  • dormência nas pernas;
  • ejaculação precoce e dolorosa;
  • dores na coluna lombar, nos quadris ou nas coxas;
  • dor ou ardência que causa muita dificuldade ao urinar.

Como prevenir o câncer de próstata em idosos?

Como uma característica natural da fisiologia humana, algumas doenças surgem de forma silenciosa e, por isso, dificultam o diagnóstico. No envelhecimento, buscar alternativas para garantir o cuidado e atenção ao idoso é a melhor medida de prevenção.

Para tanto, selecionamos alguns fatores que são essenciais para evitar o câncer de próstata em idosos, assim como outras doenças que podem surgir na fase senil. Confira:

Realizar exames periodicamente

A realização dos exames de sangue é imprescindível para a descoberta da doença no início e, assim, iniciar o tratamento o quanto antes possível. Os exames requisitados pelo médico são o hemograma, para a dosagem do PSA (líquido comum da próstata) e o toque retal.

Manter uma dieta balanceada

A alimentação saudável é muito importante para promover um estilo de vida mais harmônico e fortalecer o organismo contra o surgimento de muitas doenças.

Por isso, independentemente da idade, é necessário evitar alimentos processados industrialmente e priorizar os mais saudáveis e naturais. A opção por frutas, verduras e legumes, assim como evitar o excesso de açúcar, sal e gordura pode garantir a longevidade com mais saúde.

Fazer atividade física

Praticar caminhadas ao ar livre, correr no parque ou exercitar-se em grupos são práticas que podem trazer incontáveis benefícios, principalmente durante a terceira idade.

A realização de atividade física promove maior captação de glicose pelas células e auxilia a manutenção das reações enzimáticas necessárias ao bom funcionamento do metabolismo. Por isso, é tão importante para a prevenção de doenças comuns em qualquer idade, principalmente na fase senil.

Evitar o alcoolismo e o tabagismo

O alcoolismo é prejudicial ao funcionamento mental e físico, pois compromete a liberação de substâncias necessárias ao controle das funções fisiológicas mais importantes para a manutenção da saúde.

Tanto o uso de álcool, como o de cigarro liberam substâncias tóxicas que enfraquecem o organismo e acentuam o surgimento de doenças. Alguns problemas, como o câncer de próstata, podem ter o risco minimizado mediante a redução do consumo desses elementos nocivos à saúde.

Controlar o peso

O câncer tem relação com a obesidade porque o excesso de gordura nas camadas da pele resulta, dentre outras questões, no aporte de energia necessário para a manutenção das células tumorais.

Vale ressaltar que, assim como todas as doenças, o câncer surge como consequência de vários fatores. Assim, a obesidade é apenas um deles. Ou seja, o câncer e outras doenças se manifestam apenas quando vários elementos de influência surgem juntos.

Promover a conscientização

Em meio a esse cenário, buscar alternativas para promover a conscientização torna-se um dos passos mais importantes para a prevenção de uma doença tão preocupante para a saúde pública. E isso, em escala global.

Diagnosticar a doença em fase inicial é imprescindível para possibilitar o adequado tratamento e proporcionar ao idoso a superação de outras questões — não só físicas, como também no âmbito psicológico — que comumente surgem associadas ao diagnóstico de câncer.

Nesse sentido, é essencial promover orientações adequadas, tendo em vista que o cuidado com a saúde é importante em qualquer fase da vida. Entretanto, no envelhecimento, a história natural da doença pode evoluir com maior rapidez e causar a morte.

Logo, é necessário mais cuidado e atenção para prevenir doenças como o câncer de próstata em idosos. Nessa fase, a realização desses exames preventivos pode garantir um diagnóstico precoce e promover o bem-estar e mais qualidade de vida.

Agora é com você: teria alguma dúvida ou sugestão sobre esse tema? Deixe o seu comentário e participe de nosso artigo!

Escrito por:

Marcus Vinicius Zorub Montanha – Diretor Técnico

Conte-nos o que achou

Descubra muito mais

Nossa equipe de especialistas em cuidados com idosos prepararam posts com orientações, informações e curiosidades sobre diversos assuntos.