Roupas para idosos: você sabe como escolher a ideal?

Compartilhe este Post

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Ao comprar roupas, fazemos as nossas escolhas baseados em aspectos como conforto, caimento, qualidade, entre outros fatores. E, na hora de escolher roupas para idosos, os cuidados não devem ser diferentes. Afinal, independentemente da idade, a pessoa quer (e merece!) se sentir bem com sua aparência e com o que está vestindo.

Para o caso de idosos com necessidades especiais ou com dificuldades para se movimentar, algumas roupas são mais adequadas. E já existem peças — confortáveis e cheias de estilo — desenvolvidas especialmente para eles.

Entre tantas opções, você sabe escolher a roupa ideal para os idosos? Acompanhe as nossas dicas e se transforme em um personal stylist do seu querido velhinho!

As roupas para idosos

No dia a dia, vestir um idoso ou uma pessoa acamada pode ser um desafio, além de um momento desgastante para quem cuida e para quem é cuidado.

Algumas empresas já perceberam essa dificuldade e vêm desenvolvendo roupas especiais adaptadas para esse público. Outros prestadores vão além e confeccionam as peças de acordo com as necessidades de cada cliente.

São produzidas, na maioria das vezes, roupas com:

  • aberturas traseiras;
  • calças com elástico;
  • velcros em vez dos zíperes;
  • botões de pressão em vez dos tradicionais;
  • e várias outras adaptações que facilitam a hora da troca.

É possível, ainda, encontrar no mercado peças para cadeirantes, pós-cirúrgicos e pessoas com necessidades mais específicas.

Batas com adaptação para bolsas de colostomia, roupas com faixas de segurança para serem presas às cadeiras de rodas e até lençóis de cama com um elástico mais reforçado, que mantém a peça bem esticada e traz mais bem-estar para a pessoa acamada são alguns exemplos.

Para encontrar essas peças, basta realizar uma busca rápida na internet ou em lojas especializadas. Fique atento ao conforto e ao material das roupas, que deve ser antialérgico. Os tecidos 100% algodão são os mais macios e permitem que a pele do idoso (que demanda cuidados especiais) respire melhor.

As peças íntimas

É importante estar atento, também, aos acessórios e às outras peças da vestimenta de uma pessoa de mais idade.

As lingeries femininas, por exemplo, devem ser confortáveis e sem elásticos apertando ou prendendo a circulação. Os tecidos devem permitir a respiração da área, evitando infecções. Existem, atualmente, modelos de calcinhas maiores, com cortes a laser e sem elástico, que podem ser um bom investimento e agradam até as senhoras “mais difíceis”.

Para as peças íntimas masculinas, o conforto também deve prevalecer: as cuecas modelo samba-canção feitas em tecido 100% algodão são um dos modelos mais indicados.

As meias para ambos os sexos também devem ser de algodão, evitando que os pés transpirem e fiquem úmidos — o que pode causar fungos e micoses. Uma boa dica é investir em meias ou sapatilhas antiderrapantes para dar mais firmeza ao idoso na hora de se locomover.

Os sapatos

Os sapatos, geralmente, não recebem a atenção que merecem, mas a escolha do par certo é fundamental para o conforto de uma pessoa idosa. Afinal, um sapato inadequado pode apertar os pés e até mesmo causar um acidente.

Confira alguns detalhes que devem ser observados na hora da compra:

Conforto

Os sapatos devem de adequar ao peso, ao tamanho e ao formato do pé da pessoa, não sendo nem apertado demais — o que pode machucar e intensificar dores de calos e joanetes —, nem largo demais — correndo o risco de sair do pé e causar uma queda.

Lembre-se de que, geralmente, uma pessoa idosa já tem os movimentos limitados. O sapato inadequado para um idoso pode prejudicar ainda mais a situação.

Altura

Essa regra vale para as pessoas de todas as idades: para não causar dores nas pernas e na coluna, é recomendado que os calçados não tenham mais do que 2 centímetros de salto — mas que também não sejam um modelo rasteiro.

Fique atento para que a parte de trás seja um pouco mais alta do que a da parte da frente, não deixando o pé totalmente reto.

Solados

Com a limitação dos movimentos e a diminuição do equilíbrio, os idosos ficam mais vulneráveis às quedas. Por isso, as solas dos sapatos devem ser bastante aderentes ao chão.

As opções de sapatos emborrachados evitam escorregões, aderem melhor aos pés e ao chão e são bastante confortáveis.

Modelos presos ou fechados

Para garantir que o calçado fique firme nos pés, dê preferência aos modelos mais presos e fechados, mas que ao mesmo tempo sejam fáceis de calçar e tirar. Os sapatos com fecho de velcro, por exemplo, garantem essas facilidades, além de serem ajustáveis.

Ortopédicos

Seguros e confortáveis, os calçados ortopédicos atendem às necessidades especiais que um idoso pode ter, como um joanete ou uma pisada que demanda uma palmilha especial.

Vale a pena a visita a uma loja especializada para conhecer as opções que costumam ser bonitas e variadas. Há tênis, sandálias e sapatos fechados estilosos e de várias cores para viagens e ocasiões especiais.

Se for possível, leve o idoso para escolher. Ele vai adorar a autonomia!

O estilo do idoso

Pode ser que a pessoa idosa de quem você cuida seja bem lúcida e até bastante vaidosa, ou talvez ela já não tenha mais a mesma consciência de tempos atrás.

Seja qual for a circunstância, você ou alguma pessoa mais próxima podem escolher peças que sejam de acordo com o estilo do idoso e com os gostos que ele apresentou durante toda a vida (afinal, as roupas fazem a gente se sentir melhor ou pior, e isso acontece com indivíduos de qualquer idade!).

Se o idoso foi uma pessoa mais clássica e de estilo impecável durante toda a vida, ele certamente ficará chateado se for vestido com peças mais despojadas. Por outro lado, uma senhora vaidosa e divertida vai detestar roupas muito básicas.

Respeito é o que vale na hora de escolher as roupas para idosos. Lembre-se sempre de que a pessoa que hoje é idosa já foi um adulto cheio de personalidade.

Para saber mais como ajudar as pessoas de quem você cuida, assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos!

Escrito por:

Marcus Vinicius Zorub Montanha – Diretor Técnico

Conte-nos o que achou

Descubra muito mais

Nossa equipe de especialistas em cuidados com idosos prepararam posts com orientações, informações e curiosidades sobre diversos assuntos.

Ligue já e solicite seu orçamento

Temos certeza que podemos lhe ajudar, por gentileza entre em contato.

Possuimos uma ampla experiência com cuidadores de idosos em domicílio. Focada no gerenciamento de profissionais cuidadores e na saúde da pessoa assistida, nos tornamos referência no que fazemos.

Copyright ©2021 – GUARDIOES DE VIDAS ASSITENCIA A SAUDE LTDA – CNPJ: 01.866.035/0001-70
Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Denis Almeida