0

Ao contrário do que se imagina, o cuidador não acompanha somente idosos. Esse profissional também é muito útil para quem está em recuperação de alguma doença, ou ainda, precisando de cuidados pós-cirurgia. A presença dele nesse momento delicado garante mais tranquilidade ao paciente e, consequentemente, uma recuperação mais rápida e segura.

A pessoa que acabou de passar por um cirurgia, por mais simples que seja, se encontra em estado mais frágil. Está debilitada, muitas vezes com dificuldade para a realização das tarefas mais básicas, como a higiene pessoal e a alimentação.

Além disso, precisa tomar medicações e trocar curativos em horários pré-determinados pelo médico. É para tornar tudo isso mais fácil que o cuidador se faz fundamental.

Se você deseja entender melhor qual o papel do cuidador nos pós-operatórios, quais as vantagens de contar com a ajuda desse profissional e o que levar em conta na hora de contratar um, então encontrou o post certo. Continue a leitura e tire suas dúvidas sobre o assunto!

O que faz o cuidador no pós-operatório?

Após uma cirurgia, o corpo humano necessita de um tempo para se restabelecer, pois fica debilitado, direcionando todas as suas forças ao processo de recuperação. Nesse período, são necessários diversos cuidados específicos, que vão desde o repouso à aplicação de medicações em horário certo. Veja, a seguir, o que faz o cuidador nos cuidados pós-cirurgia.

Controla horários da medicação

Durante o pós-operatório, é comum o paciente sentir dor e estar sujeito a infecções e outras complicações no local dos pontos. Por isso, a quantidade de medicações necessárias para controlar esses riscos e reduzir o desconforto do paciente pode tornar confuso de manter sob controle para quem não está habituado a isso.

Nesse contexto, um bom cuidador de idosos é treinado para ministrar os medicamentos nos horários prescritos, e ainda, observar as reações do paciente a eles. Isso permite informar ao médico caso haja alguma reação desagradável, ou mesmo, verificar se o efeito dos remédios está de acordo com o esperado.

Auxilia na higiene pessoal

A ferida cirúrgica requer cuidados especiais no momento do fazer a higiene pessoal dos pacientes em período pós-operatório. Na maioria dos casos, é preciso mantê-la protegida da umidade, aplicar algum tipo de medicação local, fazer curativos etc.

Tudo isso pode ser não somente complicado, mas até mesmo doloroso para o paciente fazer sozinho. A ajuda do cuidador nesse momento, não somente torna a vida do operado mais fácil, como previne possíveis problemas causados pelo excesso de esforço, como o rompimento de pontos.

Observa alterações no local da cirurgia

E, por falar em pontos, eles são extremamente delicados e suscetíveis a infecções. Por isso, o local deve ser observado constantemente, e quaisquer alterações, como sangramentos, inchaço, vermelhidão, presença de secreções etc., devem ser comunicadas ao médico imediatamente.

Acompanha o paciente nos retornos ao médico

Durante os retornos para acompanhamento do médico, é fundamental que o paciente conte com a presença de alguém capaz de entender tão bem quanto ele as orientações do profissional de saúde. Isso porque, em casos de complicações, muitas vezes o próprio paciente pode não estar apto a lembrar o que foi dito pelo médico.

Por isso, ter um cuidador presente durante a consulta com o único foco em compreender as orientações médicas é muito importante para a boa recuperação do paciente.

Cuida da alimentação e hidratação do convalescente

Por fim, porém não menos importante, muitos tipos de cirurgias requerem alimentação especial durante o pós-operatório. Além disso, é fundamental que o paciente se hidrate de maneira adequada e se alimente nos horários certos. O cuidador também se responsabiliza por controlar a dieta e certificar-se de que o paciente está se alimentando e se hidratando da forma recomendada pelo médico, o que também vai auxiliar em sua melhora.

Quais os benefícios de um cuidador no pós-operatório?

Um dos principais benefícios de contar com a ajuda de cuidador para os cuidados pós-cirurgia é o foco, a centralização de todas as informações do paciente em uma única pessoa.

Muitas vezes, alguém que está sendo auxiliado por familiares, que no meio da correria do dia a dia precisam se revezar nos cuidados ao paciente, pode ter seus horários negligenciados e até confundidos. Por exemplo, uma medicação pode deixar de ser administrada simplesmente porque quem está com o doente achou que já havia dado.

Uma única pessoa responsável por tudo o que envolve os cuidados pós-cirurgia garante que esse tipo de problema não ocorra. Dessa forma, a quantidade de riscos de complicações reduz drasticamente.

Além disso, o cuidador é treinado para oferecer essa assistência e já tem experiência com outros pacientes. Essa vivência pode servir de referência para que ele saiba o que fazer, e até mesmo, avaliar quando é necessário acionar o médico.

Como contratar um profissional para os cuidados pós-cirurgia?

Existem alguns fatores muito importantes a serem observados na hora de contratar um cuidador — sem eles, essa contratação pode até perder o sentido.

O primeiro é a qualificação do profissional, que preferencialmente deve ter algum curso de especialização na área. Além disso, a experiência prática desse profissional também é de grande valor. Afinal, é essa experiência a responsável por fazer com que ele seja capaz de reconhecer determinadas complicações e, principalmente, saber o que fazer caso elas ocorram.

Ele pode aprender tudo sobre os cuidados pós-cirurgia nos cursos de especialização, porém, só a experiência dará a capacidade cognitiva para determinadas avaliações mais precisas. Além disso, é por meio dos trabalhos anteriores que se consegue maiores informações sobre a reputação do profissional, que também deve ser avaliada antes de sua contratação.

Prefira sempre lidar com empresas especializadas que são capazes de avaliar todos esses quesitos do profissional, oferecendo a você somente os melhores e mais bem treinados. E ainda, trocar o profissional de forma ágil caso haja algum problema.

Como foi possível observar ao longo deste post, os cuidados pós-cirurgia são muito importantes para o completo restabelecimento da saúde do paciente. Por isso, eles serão mais eficientes quando aplicados por um profissional experiente nesse tipo de acompanhamento, que seja capaz de detectar com mais precisão se algo não estiver indo bem com a recuperação.

Agora que você já sabe a importância dos cuidados pós-cirurgia serem feitos por um cuidador, quais os benefícios para a saúde do paciente e como contratar um profissional para isso, que tal entrar em contato conosco para entender como poderemos ajudá-lo?

Gostou do Blog? Deixe uma uma resposta

Está de saída?

Assine nossa newsletter
e seja o primeiro a saber
sobre nossos blogs e
outras novidades.
inscrever-se
close-link
WhatsApp Logo